Suspeito de distribuir drogas recebia encomendas em comércio para despistar polícia

Milton Borges (à dir) e Luiz Carlos foram presos durante operação da Polícia Federal

O suspeito de chefiar a rede de distribuição de drogas em Paraíso do Tocantins recebia as encomendas em uma distribuidora de bebidas para despistar a polícia, segundo investigações da Polícia Federal. Milton Borges de Lima foi preso durante a operação Thema na manhã desta sexta-feira (23).

A polícia também prendeu Luiz Carlos do Tocantins. Ele foi capturado em Redenção (PA), mas mora em Mato Grosso. A polícia informou que ele é apontado como o maior fornecedor de cocaína da região central do Tocantins. Segundo a PF, ele mandava cerca de 200 quilos por ano para o estado. Parte dessa droga chegou a ser apreendida durante as investigações. A substância era transportada escondida em carros de passeio.

Ao todo, 130 policiais cumpriram 47 mandados, sendo 26 de prisão e 21 de busca e apreensão, no Tocantins e em mais quatro estados: Mato Grosso, Maranhão, Minas Gerais e Pará. A operação foi realizada para combater um grupo suspeito de tráfico de drogas interestadual.

No Tocantins, as ações se concentraram em Paraíso do Tocantins. O homem que foi preso na cidade já foi condenado por tráfico de drogas, conforme a polícia. A mulher dele foi detida para dar esclarecimentos sobre possível envolvimento no esquema. Elivan Cardoso também foi preso na cidade suspeito de ajudar na distribuição.

Fonte :G1MA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *