Saúde de Mata Roma usou verbas de programa federal sem licitação durante 5 anos

O Departamento Nacional de Auditoria do SUS (DENASUS) descobriu que a Secretaria de Saúde de Mata Roma passou 5 anos sem realizar procedimento licitatório para adquirir equipamentos e materiais permanentes e obter locação de veículos para as ações do Programa Nacional Telessaúde Brasil Redes. A fiscalização ocorreu entre o período entre os dias 19 a 25 de novembro de 2017.

Segundo relatório obtido pelo Blog do Neto Ferreira, no período de dezembro de 2011 a dezembro de 2016 burlou as normas gerais sobre licitações e contratos administrativos pertinentes e não realizou certames para obter produtos.

Na análise da documentação apresentada pela Secretaria Municipal de Saúde, verificou-se que Gustavo Adriano de Matos Correa, secretário da pasta desde 01/07/2009 até a época da auditoria, deixou de realizar procedimento licitatório, fazendo aquisição de equipamentos e materiais permanentes e locação de veículos, em pequenos intervalos de tempo, fragmentando assim as despesas, sendo para equipamentos e materiais permanentes no valor total de R$27.765,96 mil e com serviços de locação de veículos no valor total de R$11.230,50 mil.

Fonte: Neto Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *